Piggy Gold

Exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça inicia etapa itinerante em Belo Horizonte

As obras vencedoras do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas vão circular pelo Brasil

A mostra fica na capital mineira até o dia 20 de março, com entrada gratuita

As obras vencedoras do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas vão circular pelo Brasil e a fase itinerante da exposição começa por Belo Horizonte. “São trabalhos de referência que fazem parte da trajetória de cada um dos cinco artistas premiados. Uma mostra que reflete a diversidade estética característica da arte contemporânea”, explica o curador do Prêmio, Marcus Lontra. A cerimônia de abertura da mostra será nesta quinta-feira (14), no Palácio das Artes. A exposição de vídeos, fotografias, desenhos, instalações e objetos fica aberta ao público a partir desta sexta-feira (15). 

As obras são dos artistas Berna Reale (PA), Gê Orthof (DF), Grupo EmpreZa (GO), Nicolás Robbio (SP) e Virgínia de Medeiros (BA). Além disso, quem for ao Palácio das Artes vai conhecer o projeto de exposição vencedor do Prêmio Marcantonio, desenvolvido pelo curador Raphael Fonseca. A proposta, intitulada Quando o tempo aperta, terá trabalhos dos artistas Adriano Costa, Ana Maria Tavares, André Komatsu e Marcelo Cidade, Gabriela Mureb, Hélio Oiticica, Lais Myrrha, Leandra Espírito Santo, Lucio Costa, Pierre Verger, Raquel Stolf, Rochelle Costi e Sara Não Tem Nome. 

AMELIA TOLEDO - O visitante ainda vai se surpreender com o projeto Arte Indústria, que homenageia a artista Amelia Toledo e terá obras que remetem a elementos da natureza. A entrada é franca em todas as motras. As exposições fazem parte da etapa itinerante do Prêmio Marcantonio, que também vai passar por Recife, Curitiba e Rio de Janeiro. 

Lontra considera que essas mostras visam aproximar, de maneira democrática, a arte, a cultura e o conhecimento. “O Prêmio Marcantonio Vilaça é a iniciativa de maior ressonância e intensidade para o setor das artes plásticas no Brasil. Seu objetivo é reforçar a importância das práticas de pesquisa e experimentação por meio da arte na formação das novas gerações”, afirma. 

Ele avalia ainda que a circulação das mostras pelas cidades brasileiras determina a dimensão do projeto em seu caráter abrangente e nacional. Ouça clicando aqui.

PREMIAÇÃO – cerimônia de premiação dos artistas foi realizada no dia 24 de abril do ano passado no Museu de Arte Contemporânea (MAC), em São Paulo. O curador Divino Sobral, de Goiânia, também teve o projeto de exposição premiado. A proposta do artista será conhecida na próxima etapa da itinerância, em Recife. O Prêmio é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

QUER VISITAR? VEJA OS DIAS E HORÁRIOS: 

Motra do 5º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Pásticas 
Local: Palácio das Artes – Belo Horizonte 
Data: de 15 de janeiro a 20 de março 
Visitação: Terça a sábado: das 9h30 às 21h; Domingos: das 16h às 21h 
ENTRADA FRANCA

Relacionadas

Leia mais

Conheça os vencedores do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas
Você tem até o dia 5 de junho para se inscrever no Prêmio CNI de Jornalismo 2016
Invista em sua carreira! Veja as vagas do SENAI para o primeiro semestre

Comentários

Piggy Gold Mapa do site